April 28, 2012

Bem-vindo.


Hoje eu acordei com uma vontade de te dizer o que eu nunca disse, de te abraçar como eu nunca abracei, e de te amar como eu nunca amei. Hoje eu acordei com a certeza de que o amor não é uma luta, e que a esperança não morre tão fácil, se tu a procurares vai estar aí bem no fundo, à espera que tu digas que o dia ainda não acabou. Hoje eu acordei com a certeza de que o sofrimento não é pra sempre, como as coisas que amamos nos deixam, a dor também se vai embora. Hoje eu acordei com uma enorme sensação de que acreditar no amanhã não é muito confiável, e o melhor a se fazer é valorizar o hoje, que eu ainda o vejo e posso sentir. Hoje eu acordei sabendo que dizer um “eu amo-te” não é um bicho de sete cabeças, pode haver consequências, mas nunca é difícil dizer o que se sente. Hoje eu levantei-me com a convicção que ainda há tempo, de que não é tarde demais para se viver aquilo que ainda não vivemos. 
Andreia

10 comments:

dudu said...

nunca é tarde demais!
belo texto, gostei muito ((:

dudu said...
This comment has been removed by the author.
nês said...

Verdade, por vezes acordamos com vontade de fazer coisas que nunca fizemos, mas como há sempre uma primeira vez para tudo, nada é impossível, não fiques só pelas palavras e acredita que nunca é tarde demais para nada. adorei muito o texto! :)

Patricia Laranjeira said...

de nada querida, obrigada eu :)

Andreiah said...

Estou apaixonada pelo teu blog - é lindo!
E adorei o teu post, deixou-me cheia de inspiração! :)
sigo*

nês said...

É isso mesmo, nunca devemos ficar pelas palavras devemos seguir em frente sem medos! Fico contente por teres agido :)

nês said...

Não agradeças linda!

Andreiah said...

oh muito obrigada princesa! :)

Ana. said...

gostei muito

Pedro Miguel SIlva Macedo. said...

Que texto lindo!